Artigos da Tag desinteligência

26
mai

Ah, os fãs.

por Nogueira em 26.mai.2017 | Tags:  , , ,  

Ao trabalhar com o público, especialmente quando há aquela saudável distância física e, por isso, não é necessário encarar um focinho desagradável, se tem que lidar com estupidez e ganância alheia. Em profusão e de mãos dadas. E de uma forma completamente sem noção.

Imagine o tipo a perguntar coisas absolutamente óbvias? Ou pedir dinheiro assim, sem mais, sem menos. Como se o interlocutor, sabe-se lá onde do outro lado da tela, se numa casa, escritório, firma de assessoria de imprensa, cyber café, na casa dele ou num puteiro, fosse lá seu chapa de muitos anos.

É assim que começa quando o interlocutor é homem: já te chama de ‘amigo’ no chat. E o sujeito sequer curtiu a página — aparece no cantinho lá se o gajo curtiu ou não e quando o fez. Mas ele vem com papo rasteiro de que é fã de carteirinha. E já vai logo pedindo dinheiro. Ou algum tipo de ajuda, caso não seja possível conseguir dinheiro. (O que nunca acontece, afinal alguém dá dinheiro a desconhecidos assim, de boa?)

Se você gerencia a página de um artista, é provável que o sem noção ficará por cerca de alguns dias, talvez até meses, pedindo alguma forma de ajuda, um endosso do trabalho dele ou enviar discos autografados; gravar vídeos falando bem dele/a ou cantando para ele/ela; pedem para você fazer uma letra, uma música para homenageá-los, do nada também; e escrever na TL dele o quanto você o/a ama!

Essa falta de noção, é claro, vem sempre acompanhada de carência de talentos e sobras em ‘se dar bem não importa como’. O que se pode esperar de uma pessoa que diz, já no primeiro diálogo que ‘te ama’? Ora, minha filha como que é você pode amar alguém que nunca viu o focinho? E na primeira vez que fala com ele? Oxente, é muita falta de noção.

Outras, perguntam se ‘você tem família’. A vontade de responder é ‘não, sou filho de chocadeira’; ou ‘mas é claro que não, meus pais me abandonaram na Febem quando eu tinha seis meses, fui criado num orfanato, nunca quiseram me adotar porque eu era um catarrento feio demais da conta e aí acabei encostado; ou ainda: ‘sou o resultado da primeira clonagem humana da história, feita pelos soviéticos, mas a tecnologia era ainda rudimentar e eu vim com defeito, os russos não quiseram ficar pelo constrangimento de experimento mal sucedido, mas por compaixão me abandonaram no cais do Porto de Santos e acabei criado num bordel’.

Infelizmente não tenho a liberdade de responder a essas pessoas de uma maneira que julgo merecedora. Ao menos, porém, posso escrever sobre.



27
out

Mídia

por Nogueira em 27.out.2015 | Tags:  , , , , ,  

Essa vai para todos os revoltados que acham que o problema da corrupção é do partido ora no executivo e que ficam a repetir, com a mesma seletividade senil, a imbecilidade enunciada por agentes da mídia, notadamente revistas honestas como estelionatários e redes de televisão apartidárias como o Rodriguinho, aquele que foi demitido da Veja. O mais incompreensível é que a própria mídia tradicional — outrora grande mídia —, ao menos como empresa capitalista, sabe que está a esgarçar a própria credibilidade ao mesmo tempo que perde espaço para outros meios na internet. É um caso de desinteligência institucionalizada.
Mídia seletiva e o helicoca

E quem se importa com o helicoca, afinal? A família Perrela é de ilibada reputação. Jamais pairaram dúvidas sobre seus imaculados membros.



23
out

Política da desinteligência

por Nogueira em 23.out.2015 | Tags:  , , ,  

Quer ver gente inteligente a falar sandices? Esse vídeo é uma boa pedida. Não que tenhas, tu, raro leitor, de ser um eleitor do atual governo ou que morra de amores pela presidente, podes mesmo detestá-la, achá-la odiosa e não te apetecer o vermelho escarlate. Não precisas, tampouco, perder a inteligência talvez sempre rarefeita nos extremos do espectro político.

O ponto alto do vídeo, quiçá, esteja aos 2m05s quando uma senhora, ao dizer (apontando triunfalmente o dedo para o infinito e além) que a população não sabe o que é comunismo, tenta defini-lo:
O comunismo tá lá nos livros, ah, er, foi tudo que aconteceu aonde ele já passou (corte no vídeo); é miséria, abandono… é… tudo que o diabo esqueceu no inferno. (!!!)

Uma outra tipa aparece com Stálin, Mao e Hitler no mesmo cartaz como ‘socialistas’ (1m35s do vídeo) é a  ignorância em estado objetivo (como gente do naipe do Rodriguinho Constantino, o povo do Instituto Mises, olavetes e fãs do Bolsonaro). Será que eles nunca ouviram falar em ‘Pacto-Anticomintern’ (acordo anticomunista firmado inicialmente por Japão e Alemanha) ou o fato que o Führer dizia que a sociedade soviética era produto bolchevismo judeu?

Ah, e ela ainda diz que estamos numa ditadura! Sim, com gente a protestar contra o governo e a dizer disparates, sem nenhum agente repressor por perto, ditadura sangrenta! Ditadura com voto direto! Ditadura com liberdade de expressão! Creio que o problema dessa cáfila não seja caso de opção política, mas um caso psiquiátrico.



27
mar

(des)Inteligência dupla

por Nogueira em 27.mar.2013 | Tags:   

Dupla inteligência bovina
 

Fala se o tipo aí não é um gênio? Via.



19
mar

O perfeito idiota

por Nogueira em 19.mar.2013 | Tags:  , ,  

O idiota e a estátua humana

O cara tá lá fazendo o trampo dele e vem um cretino. Ah, mereceu e ainda achei pouco. Que idiota. Via.



19
mar

Inteligência exuberante

por Nogueira em 19.mar.2013 | Tags:  ,  

Inteligência exuberante

É ou não o exemplo mais acabado de que as pessoas são muito mais inteligentes hoje do que em qualquer outra época histórica passada? Via.



10
mar

Sabe aquele cara exibido na moto?

por Nogueira em 10.mar.2013 | Tags:  , , , , ,  

Então:

Sabe aquele cara exibido na moto? Então...

Via.



3
jun

Cultura

por Nogueira em 03.jun.2012 | Tags:  , , ,  

Estava aqui a mudar os canais e fiquei na TV Cultura, pra assistir o “Matéria de capa”. Fiquei encantando. Vi um amontoado de discursos ambientalistas proferidos desde o senhor Richard Branson, aquele que diz patifarias sobre o meio ambiente – isso porque ele teve uma equipe de Fórmula 1 enquanto dizia macaquices acerca da ‘preservação do meio ambiente’, nada mais torpe – a uma série de peças publicitárias estrangeiras sobre os biomas brasileiros e o seu cataclísmico fim. E, daí, vejo que só mesmo glaciação que salvará a Terra da desinteligência humana. Em momento oportuno volto a esse tema que me agasta, especialmente pela falta de percepção daqueles que se dizem jornalistas (vocábulo o qual eu tomo como assaz ofensivo) sobre questões maiores e outras nuances, como por exemplo, a fantástica falta de compreensão de uma ideia, qual seja, a ideologia. E, por isso, ficam a papagaiar interesses espúrios e bizarros que eles não compreendem como se estivessem a fazer um grande bem. Pífio.



5
fev

Parceria

por Nogueira em 05.fev.2010 | Tags:  , ,  

Parceria é o que normalmente fazem as pessoas quando têm entre si um objetivo comum. Ajustam um acordo, tarefas, dividem responsabilidades e criam algo novo e seguem tocando o barco. É o que eu pensava ter cá com o Tavares. Agora, ao menos, é uma suposta parceria, porque meu parceiro, sócio, capatázio, quinhoeiro ou o diabo que o valha, parece estar-se nas tintas para o projeto.

Quiçá tenha dado na veneta do Tavares que blog teria apenas uma existência metafísica, incorpórea ou fenomenológica, tendo forma e substância apenas no plano abstrato. Como ele costuma dizer: “um blog em essência”. Dito de outra forma: apenas uma ilusão, uma fanfarronada aborrecida.

Estou agora sozinho e exasperado, pois meu parceiro é um mentiroso ontológico (o que ele confunde com metafísica). Podia eu ter feito minhas precauções e não ter-lhe dado ouvidos. Se antes tivesse consultado o pai dos burros já saberia que parceiro quer dizer também finório.

Será, acaso, que o ladino do Tavares pregou-me uma peça? Isso já seria uma vilania do pior tipo. Defender-me-ei tecendo com objetividade o verdadeiro caráter desse Tavares em momento propício, tomem nota.

burro



3
fev

Como manter um idiota ocupado

por Nogueira em 03.fev.2010 | Tags:   

Pelo menos por alguns minutos…

http://www.pagetutor.com/idiot/idiot.html

Recomendarei no trabalho, quando alguém pedir-me para mover arquivos entre pastas – sim, a desinteligência é algo abundante – para antes pressionar o botão da ligação acima.